Rafinha e a 7ª Arte

Cinema, Livros, Séries, Imaginação Louca!

True Blood vs. Spartacus 23/08/2011

Filed under: Séries — Ninixe @ 15:45
Tags: , , ,

É pois verdade que True Blood foi pioneiro no que toca a cenas de nudez e sexo mas Spartacus elevou em muito a fasquia em relação à falta de roupa e ao sexo.

Se em True Blood é possível vermos maminhas, rabiosques de meninos e algumas cenas bastante tórridas; em Spartacus a nudez frontal não é só para as meninas mas também para os rapazes e o sexo é a descrição: hetero, gay, consensual ou não!

Ao nível do sangue acho que estão praticamente empatados… Muito renhido mesmo!

E pois que é só isto… Ando a ver as duas séries e inspirei-me a escrever a minha singela opinião sobre a globalidade das cenas apresentadas por aqueles lados.

I rest my case!

x x x

Anúncios
 

True Blood – 7º e 8º Livros 20/03/2011

Filed under: Livros — Ninixe @ 13:38
Tags: , , , ,

Depois de ter ‘falado’, aqui e aqui, a colecção de livros True Blood, ou Sangue Fresco, eis que vos apresento os 2 últimos livros da saga:

Sangue Felino – “Traída pelo seu namorado vampiro de longa data, Sookie Stackhouse, empregada de bar do Louisiana, vê-se obrigada não apenas a lidar com um possível novo homem na sua vida (Quinn, um metamorfo muito atraente), mas também com uma cimeira de vampiros há muito agendada. Com o seu poder enfraquecido pelos estragos do furacão em Nova Orleães, a rainha dos vampiros locais encontra-se em posição vulnerável perante todos aqueles que anseiam roubar o seu poder. Sookie vê-se obrigada a decidir de que lado ficará. E a sua escolha poderá significar a diferença entre a sobrevivência e a catástrofe completa…”

Laços de Sangue – “Depois do desastre natural do furacão Katrina e do horror criado pelo homem da explosão na cimeira de Vampiros, Sookie Stackhouse vive segura mas atordoada, ansiando que as coisas voltem ao normal. Mas o seu namorado, Quinn, é um dos desaparecidos. E as coisas mudam, quer isso agrade ou não aos lobisomens e aos vampiros do seu canto do Louisiana. Nas batalhas que se seguem, Sookie enfrenta perigo, morte… e, mais uma vez, a traição de alguém que ama. Mesmo que deixe de haver pêlo de lobo no ar e mesmo que o sangue frio dos vampiros deixe de jorrar, o seu mundo não voltará a ser o mesmo…”

Quem sabe se depois de ler os montes de livros que tenho aqui encostados não me dedico a estes…

x x x

 

True Blood

Filed under: Séries — Ninixe @ 13:13
Tags: , ,

Depois de ter visto as 3 primeiras séries tenho os seguintes comentários a fazer:

– Sexo

– Sexo

– Sangue

– Sexo

– Mentirinhas

– Sexo

– Gente Parva

– Sexo

– Drogas

– Sexo

E acho que por esta altura já devem ter percebido a ideia!

Não simpatizo em nada com o casal principal: Ela com o seu ar e sotaque de bimba que se deixa levar por Ele, o vampiro armado em cavalheiro mas que tem mais ‘esqueletos no armário’ que até se lhes perde a conta. Juntos formam um casal que aquece (e muito, parecem uns coelhos) e arrefece e que baseia a sua relação em salvarem-se um ao outro de tretas por norma iniciadas pelos próprios. É mauzito…

As personagens que os rodeiam como a Tara e o Jason também estão tão… bla?! Sim, blah… Metem nojo – “Não sei que faça da minha vida… Ando para a frente, para o lado e depois decido voltar para trás… Entretanto deixa-me lá fazer sexo desenfreado com este(a) e aquele(a) para não perder a prática!”

O Sam também anda ali, naquele limbo de pãozinho sem sal que mete aflição “Gosto, não gosto. Quero mas não faço nada para ter…”

Então como é que consegui ver 3 séries seguidas?!

Porque a minha veia masoquista assim o exige e porque:

1 – A personagem do Eric Northman está fenomenal! Ele, a Pam e aquele sarcasmo – lindos!

2 – O Lafayette é o maior!

3 – A Jessica tem uma piada de outro mundo =)

E é assim que a Rafinha se aguenta e aguarda pela 4ª Série. Depois de tudo isto fiquei ainda na dúvida sobre ler ou não os livros… Talvez expliquem melhor a dinâmica daquele casal maravilha que tantas voltas ao estômago me proporciona!

x x x

 

True Blood II 21/07/2010

Filed under: Livros — Ninixe @ 19:56
Tags: , , ,

Não, ainda não foi desta que comecei a ver a série ou a ler os livros mas como sou fã de novidades aproveito para vos deixar uma:

Já saiu o “Traição de Sangue” de Charlaine Harris – é o 6º livro da saga Sangue Fresco e apresenta a seguinte sinopse:

“Sookie Stackhouse, uma empregada de bar na pequena vila Bon Temps em Louisiana, tem tão poucos parentes vivos que a entristece perder mais um; neste caso a sua prima Hadley, amante da rainha dos vampiros de Nova Orleães. Hadley deixou tudo o que tinha a Sookie, mas reclamar essa herança tem riscos elevados. Há quem não queira que ela vasculhe demasiado o passado e as posses da prima – nomeadamente uma pulseira valiosa que faz parte de um conjunto oferecido pelo rei vampiro do Arkansas à rainha do Louisiana, e que Hadley roubou e escondeu antes de ser assassinada. Sookie tenta evitar um conflito diplomático entre os dois reis mas, mais uma vez, a sua vida está em perigo pois alguém fará qualquer coisa para a travar…”

À semelhança de toda a saga não me despertou um interesse especial mas pronto! Quem sabe um dia…

As sinopses dos restantes livros podem ser encontradas aqui!

x x x

 

True Blood 19/04/2010

Filed under: Livros,Séries — Ninixe @ 20:44
Tags: , , ,

Na corrente onda de vampirismo que dominou o globo, eis que surge Sangue Fresco. Versão saga literária e série da HBC. É ver nas livrarias o 5º volume da Saga e a série a bombar nos Estados Unidos!

Para mim mantém-se a dúvida: Será que vale a pena ou estamos apenas a ver mais do mesmo?

Pelo que consta, esta Saga não remete para o tradicional romance impossível ao estilo de Stephenie Meyer mas não deixa de ser um romance…

Confesso que hoje cruzei-me com o 5º livro da colecção de Charlaine Harris, Sangue Furtivo, mas não cheguei a ler o sumário do mesmo… nem deste nem de nenhum dos outros (mentira… li o do 1º livro)! No entanto, como hoje me sinto particularmente curiosa e motivada para a pesquisa vou colocar aqui as sinopses dos livros em causa!

1Sangue Fresco – “Uma grande mudança social está a afectar toda a humanidade. Os vampiros acabaram de ser reconhecidos como cidadãos. Após a criação em laboratório, de um sangue sintético comercializável e inofensivo, eles deixaram de ter que se alimentar de sangue humano. Mas o novo direito de cidadania traz muitas outras mudanças…
Sookie Stackhouse é uma empregada de mesa numa pequena vila de Louisiana. É tímida, e não sai muito. Não porque não seja bonita – porque é – mas acontece que Sookie tem um certo “problema”: consegue ler os pensamentos dos outros. Isso não a torna uma pessoa muito sociável. Então surge Bill: alto, moreno, bonito, a quem Sookie não consegue ouvir os pensamentos. Com bons ou maus pensamentos ele é exactamente o tipo de homem com quem ela sonha. Mas Bill tem o seu próprio problema: é um vampiro. Para além da má reputação, ele relaciona-se com os mais temidos e difamados vampiros e, tal como eles, é suspeito de todos os males que acontecem nas redondezas. Quando a sua colega é morta, Sookie percebe que a maldade veio para ficar nesta pequena terra de Louisiana.
Aos poucos, uma nova subcultura dispersa-se um pouco por todos os lados e descobre-se que o próprio sangue dos vampiros funciona nos humanos como uma das drogas mais poderosas e desejadas. Será que ao aceitar os vampiros a humanidade acabou de aceitar a sua própria extinção?”

Efectivamente não tem muito a ver com a Saga Twilight… Mas será que vai continuar assim?!

2 Dívida de Sangue – “Sookie Stackhouse está numa maré de azar: primeiro o seu colega de trabalho é morto e ninguém se parece preocupar; depois, é atacada por uma criatura que a infecta com um veneno doloroso e mortal. Tudo se complica quando Bill nada consegue fazer e pede a ajuda de Eric para lhe salvar a vida. A questão é que agora ela está em dívida para com Eric – um vampiro deslumbrante mas tão belo quanto perigoso. E quando ele lhe pede um favor em troca, ela tem que aceder.
De repente, Sookie está em Dallas a usar os seus poderes telepáticos para encontrar um vampiro. A sua condição é que os humanos não devem ser magoados. Mas a promessa de os vampiros se manterem na ordem é mais fácil de dizer do que de cumprir. Basta uma bela rapariga e um pequeno deslize para que tudo comece a correr mal…
Entretanto, também Eric tem os seus próprios segredos…”

Triângulo amoroso… Parece ter alguma acção e desenvolvimento mas sinto uma nuvem de romance a pairar por esta história…

3Clube de Sangue – “Há apenas um vampiro com a qual Sookie Stackhouse está envolvida, pelo menos de forma voluntária, e esse vampiro é Bill. Mas recentemente, ele tem estado um pouco distante. E noutro Estado.
Eric, o seu chefe sinistro e sensual, julga saber onde encontrá-lo e, quando dá por isso, Sookie está a caminho de Jackson, no Mississippi, para se infiltrar no submundo do Clube de Sangue. Este clube é um local perigoso onde a sociedade vampírica se reúne para descontrair e beber um copo de O positivo.
Mas quando Sookie finalmente descobre Bill – apanhado num acto de traição séria – ela não tem a certeza se o quer salvar… ou afiar estacas.”

Aqui está ele – o love no air! Parece contar com a promessa de alguma acção e dilemas existenciais pelo caminho!

Será que consegue abafar a lamechice? Tenho algumas dúvidas…

4Sangue Oculto – “Sookie terminou a sua relação com Bill após considerar que ele a traiu. Um dia, quando sai do trabalho para casa, depara-se com um vampiro nu e desorientado. Rapidamente ela percebe que ele não tem a mínima ideia de quem é nem para onde vai, mas Sookie sabe: ele é Eric e parece tão assustador e sexy – e morto – como no dia em que o conheceu. Mas agora como Eric está com amnésia, torna-se doce e vulnerável, e necessita da ajuda de Sookie – porque seja quem for que lhe tirou a memória, agora quer tirar-lhe a vida. A investigação de Sookie leva-a a uma batalha perigosa entre bruxas, vampiros e lobisomens. Mas pode existir um perigo ou ameaça ainda maior – ao coração de Sookie, porque estando Eric mais gentil e mais doce… é muito difícil resistir.”

Este volume parece que descambou um pouco mais para o romance lamechas…

Será que há salvação? É que já tive mais fé nesta colecção…

5Sangue Furtivo – “Sookie Stackhouse, uma empregada de bar na pequena vila Bon Temps, não é alheia a experiências sobrenaturais. Mas agora estranhos acontecimentos estão a mexer com a sua família e nunca antes o sobrenatural esteve tão próximo. Quando Sookie repara que os olhos do seu irmão Jason começam a modificar-se, ela percebe que ele está prestes a transformar-se numa pantera pela primeira vez – uma transformação mais rápida e intuitiva do que a maioria dos metamorfos que ela conhece. Mas a preocupação de Sookie torna-se mais intensa e assustadora quando um atirador furtivo aponta a sua mira para os metamorfos locais, e os novos “irmãos” felinos de Jason começam a suspeitar que ele pode estar por trás dessa mira. Sookie tem até à próxima lua cheia para descobrir quem está envolvido nestes ataques… a menos que o atirador decida encontrá-la primeiro…”

Neste último volume, parece que os homens são postos de parte e encontramos alguma novidade!

Ao acabar de ler estes resumos, confesso que não fiquei aos saltos… Sinto que a acção existente estará apenas a camuflar mais uma história de amor impossível para deixar as pitas aos saltos… E olhem que depois de ver uma foto da autora esta ideia ganhou anda mais peso…

Preciso de ler uma ou duas páginas para perceber qual é a fluência da narrativa…

Assim que estiver actualizada aviso-vos!

Agora, acho melhor parar com a escrita que este post já está enorme – falar da série fica então para outro dia*!

Kiss Kiss

x x x

* Não consigo resistir a dizer que a Anna Paquin não me convence com aquele ar semi sonso e ainda menos agora que está loira! Basicamente estou de pé atrás com isto…

 

Twilight Saga e Derivados 13/01/2010

Filed under: Filmes,Outros — Ninixe @ 21:53
Tags: , ,

A onda do Vampirismo veio e parece que está para ficar pelos próximos tempos!

Crepúsculo e Lua Nova já passaram pelos nossos cinemas e confesso que nenhum me chamou a atenção. Não tinha uma ideia lá muito boa sobre esta saga e confesso que ao ver o 1º filme não fiquei com uma melhor impressão. Acho que o filme tenta passar um dramatismo exagerado que não chega a ser explicado – talvez no livro esteja mais claro a razão para o sofrimento constante em que as personagens parecem estar! Sou forçada a admitir que existe uma química (se é que já não passou a física) entre os personagens principais e que os cenários estão bastante interessantes mas para mim não chega – falta algo… É possível que com a leitura do livro (que não está nas minhas prioridades literárias do momento) chegue lá mas só por si o filme não me convenceu (talvez este filme seja como o “Duas Irmãs, Um Rei” – uma desilusão constante face ao que se encontra no livro). Quanto ao Lua Nova, ainda não o vi mas não descarto tal hipótese – quem sabe se começo a perceber melhor a tristeza que inunda aquelas pobres almas!

No entanto, não foi só o cinema a ser invadido por vampiros! Séries norte americanas como “True Blood” (também baseado em livros) e “The Vampire Diaries” também já se instalaram.

Ainda assim, no meio desta febre das dentadas,  o que mais me assusta são as produções nacionais – não sinto que a TVI ou a SIC estejam prontas para tal desafio. Os actores nacionais têm pouco treino e a falta de efeitos especiais de jeito não vai ajudar à festa! Não me interpretem mal, sou totalmente a favor das produções nacionais pois se as mesmas não forem para a frente os actores não treinam, não desenvolvem e não se consegue avançar no campo da ficção mas… Estas duas séries que se avizinham não me estão a convencer mesmo!

Enfim, a ver vamos!

xxx