Rafinha e a 7ª Arte

Cinema, Livros, Séries, Imaginação Louca!

Ryu Murakami 19/11/2012

Filed under: Livros — Ninixe @ 19:51
Tags: , , ,

Até há poucos dias atrás, eu era uma pessoa inocente e achava que seria difícil desiludir-me ao ler um livro. Pois, como devem imaginar, enganei-me.

Eu gosto de histórias, eu gosto sobretudo de ler histórias. Eu sou daquelas pessoas que perde horas a navegar na wikipedia a ler resumos de livros, de filmes, biografias, e por aí adiante. E, apesar de ter as minhas preferências algo peculiares no que toca à literatura, de vez em quando lá vou arriscando e saindo da minha zona de conforto e lendo resumos e sinopses de diferentes estilos.

Posto isto, após ter lido o resumo do filme Audition e ter lido o Na Sopa de Miso, pensava eu que tinha encontrado um novo guru literário do thriller e do terror mas enganei-me. Enganei-me forte e feio.

Aqui já tinha dito que o livro Audition não me fazia vibrar e que me estava a custar acabar de o ler. Pois bem, a muito custo lá o fiz e, apesar de não ter sido uma desilusão, também não foi nada de extraordinário. Acho que a descrição do filme que está na wiki nos consegue cativar mais do que o livro em si. Tem alguns momentos mais intensos mas confesso que estava à espera de mais – muito mais!

Não obstante desta pequena desilusão, e porque toda a gente tem direito a ter dias (e obras) menos brilhantes, aventurei-me a ler o Piercing e foi aqui que tudo desmoronou.

A sinopse do Piercing tem a sua piada e pronto, ficamos por aqui. O livro tem uma narrativa diferente da que estamos habituados pois apresenta-nos várias perspectivas: ora temos direito a um narrador, ora estamos a ler a história do ponto de vista das personagens principais! Isto até funcionaria se não fossem as imensas divagações que para ali andam. Ele são os traumas dele, ele são os traumas dela, aquilo é muito trauma e problema junto em espirais de pensamentos sem fim que chegam exactamente a lado nenhum.

Mas o meu principal problema até nem foram estas divagações excessivas. O meu principal problema e a maior desilusão que tive com este livro foi o facto do mesmo não ter fim. Pura e simplesmente não acaba. Andamos ali a marinar, pensamentos para a esquerda, divagações para a direita e não se chega a conclusão nenhuma. Não há nenhum trauma que fique resolvido, não há nenhum segredo descoberto, não há nenhuma epifania, não há mortos, não há nada!

Quando cheguei ao capítulo final e vi que apenas me faltavam 4 ou 5 folhas para acabar o livro comecei a entrar em pânico: como raios ia o autor acabar a história a tempo?! Pois não acabou.

Foi mau meus senhores, muito mau. O potencial estava todo ali e foi total e absolutamente desperdiçado.

Posto isto, só tenho a informar o Sr. Ryu Murakami que me sinto defraudada e que não será tão cedo que voltarei a pegar num livro da sua autoria.

Agora deixem-me lá voltar ao meu querido Stephen King para recuperar o fôlego destas últimas banhadas literárias.

x x x

 

Higurashi – When They Cry 12/04/2012

Filed under: Séries — Ninixe @ 21:30
Tags: , , , ,

Esta é uma das melhores séries de anime que vi nos últimos tempos. A primeira série muito mais dark e apelativa do que a segunda mas sem assistir à segunda não conseguimos perceber totalmente o que raios se passou na primeira!

Não há forma de explicar o enredo central da série sem que pareça um pouco estranho / confuso mas eu vou tentar para terem ideia do que vos espera… Basicamente seguimos um grupo de amigos (um rapaz no meio de algumas meninas) e percebemos que a pacata aldeia de Hinamizawa pode não ser assim tão simpática e afável como parece. Nos últimos anos, na altura do Festival Watanagashi, há sempre alguém que morre e alguém que desaparece e apesar de parecer algo pouco especial acreditem que dá pano para mangas… e mais não digo porque isto é mais que suficiente para 26 + 24 episódios bastante interessantes.

Gostei especialmente da primeira série: tem desfechos muito mais macabros e sangrentos, e apesar de não percebermos bem o que se está ali a passar conseguimos ficar com umas ideias soltas que fazem algum sentido. Já na segunda não há tanto espaço para episódios assustadores: voltamos a rever algumas da cenas que já tínhamos visto na primeira série mas de uma nova perspectiva, o que nos proporciona perceber algumas coisas que antes tinham ficado penduradas no nosso imaginário.

Li ainda os resumos dos episódios da 3ª e 4ª séries (de 5 e 4 episódios respectivamente) mas acho que os mesmo são dispensáveis – não trazem qualquer valor ao que já foi visto e são apenas mini histórias que em alguns casos são apenas uma paródia à série original.

Por isso se gostam de suspense crescente, momentos de tensão total e ambientes macabros é favor ver a primeira série – Higurashi no Naku Koro ni. Se quiserem perceber efectivamente o que acabaram de ver podem ver a segunda série mas, tal como avisei antes, não contem com tanta intensidade de cenas / imagens. Caso queiram arriscar a ver as últimas duas séries estejam à vontade mas não se venham queixar que foram enganados e que aquilo nada tem a ver com o original!

Agora o dilema que surge é… Que anime ver a seguir?!

Aceitam-se sugestões!

See U Soon!

x x x

 

Sobre o Sr. Ryu…

Filed under: Livros — Ninixe @ 21:10
Tags: , , , ,

Depois de ter lido o fantástico “Na Sopa de Miso”, e de ter delirado com o resumo de Audition, o Namorado foi um fofinho e encomendou não só o livro que deu origem a este filme mas também outro do mesmo autor e do mesmo género – Piercing.

E, após a atribulada mudança de casa, lá comecei eu, toda entretida a ler o Audition… Mas, não sei se é de mim, não sei se é do tempo, mas a coisa não está a fluir! Pura e simplesmente não estou a conseguir avançar na leitura, não está a chamar por mim, não me está a cativar, não se me sabe a nada!

A história até desenvolve mas está ali ao nível do normalzito… Sem aquecer nem arrefecer…

Posto isto, e porque eu não gosto de fazer fretes, decidi dar-lhe um descanso e ando super entretida a ler este menino: Os Homens que Odeiam as Mulheres.

Confesso que quando iniciei esta leitura estava algo reticente: já tinha lido o resumo dos 3 livros e o resumo dos filmes e apesar de não os ter achado brilhantes, achei que efectivamente tinham ali uns toques especiais mas nada de transcendental.

Eis se não quando – Surpresa! – dou por mim agarrada ao livro, a ler páginas atrás de páginas a uma velocidade alucinante (principalmente quando comparada com o Audition). A leitura está a fluir e apesar de me sentir ainda um pouco perdida no meio de tanta gente (mas isso até o personagem principal se sente por isso deve ser normal =P), acho que a coisa está a correr muito bem e sinto-me entusiasmada quando chegam aqueles minutinhos (que às vezes se transformam em horas) antes de dormir em que me dedico à leitura.

Assim, resumindo e baralhando, quando tiver as leituras acabadas e opiniões de jeito para publicar logo vos digo qualquer coisa!

See U Soon!

x x x

 

Elfen Lied 24/08/2011

Filed under: Séries — Ninixe @ 16:04
Tags: , ,

Acabo de ver Elfen Lied – vá, ainda me falta ver a OVA (Original Video Animation) especial entre o 10º e o 11º episódios – mas ainda preciso digerir bem isto antes de formar uma opinião sobre a coisa…

As histórias japonesas são normalmente estranhas mas os finais (e os genéricos) são o cúmulo do “à frente”…

See U Soon!

 

Naked Blood – Megyaku 29/09/2010

Filed under: Filmes — Ninixe @ 21:52
Tags: , ,

Em Julho falei deste filme por aqui. Ontem, só porque sim, lembrei-me a voltar a pesquisar sobre o mesmo e descobri pormenores no mínimo perturbadores sobre o mesmo. Tal como já tinha ‘dito’ antes, o filme acompanha um rapaz que inventa um soro que transforma a dor em prazer. Ele testa o soro em 3 raparigas – uma super gulosa que acaba por comer partes de si própria, uma vaidosa que se fura toda e outra que não se percebe bem qual é a sua pancada mas basicamente ela ‘fala’ com um cacto.

Como a curiosidade falava mais alto, fui partilhando com as mentes retorcidas que conheço os detalhes gore da coisa (nomeadamente quais as partes que a tipa gulosa come) e… o C. (que é um fofinho) não resistiu a vê-lo!

Eram 1h07 quando ele me mandou um e-mail com o resumo detalhado do filme e umas imagens gore do mesmo – nop, confesso que não as vi todas – não tive coragem!

C. és ainda pior que eu =P

Adorei saber como é que o raio do filme acaba e satisfazer o meu lado nerdy com os detalhes nojentos (sem os ver claro!)!

Para os curiosos – deixo-vos aqui as críticas do IMDbEnjoy!

x x x