Rafinha e a 7ª Arte

Cinema, Livros, Séries, Imaginação Louca!

Ryu Murakami 19/11/2012

Filed under: Livros — Ninixe @ 19:51
Tags: , , ,

Até há poucos dias atrás, eu era uma pessoa inocente e achava que seria difícil desiludir-me ao ler um livro. Pois, como devem imaginar, enganei-me.

Eu gosto de histórias, eu gosto sobretudo de ler histórias. Eu sou daquelas pessoas que perde horas a navegar na wikipedia a ler resumos de livros, de filmes, biografias, e por aí adiante. E, apesar de ter as minhas preferências algo peculiares no que toca à literatura, de vez em quando lá vou arriscando e saindo da minha zona de conforto e lendo resumos e sinopses de diferentes estilos.

Posto isto, após ter lido o resumo do filme Audition e ter lido o Na Sopa de Miso, pensava eu que tinha encontrado um novo guru literário do thriller e do terror mas enganei-me. Enganei-me forte e feio.

Aqui já tinha dito que o livro Audition não me fazia vibrar e que me estava a custar acabar de o ler. Pois bem, a muito custo lá o fiz e, apesar de não ter sido uma desilusão, também não foi nada de extraordinário. Acho que a descrição do filme que está na wiki nos consegue cativar mais do que o livro em si. Tem alguns momentos mais intensos mas confesso que estava à espera de mais – muito mais!

Não obstante desta pequena desilusão, e porque toda a gente tem direito a ter dias (e obras) menos brilhantes, aventurei-me a ler o Piercing e foi aqui que tudo desmoronou.

A sinopse do Piercing tem a sua piada e pronto, ficamos por aqui. O livro tem uma narrativa diferente da que estamos habituados pois apresenta-nos várias perspectivas: ora temos direito a um narrador, ora estamos a ler a história do ponto de vista das personagens principais! Isto até funcionaria se não fossem as imensas divagações que para ali andam. Ele são os traumas dele, ele são os traumas dela, aquilo é muito trauma e problema junto em espirais de pensamentos sem fim que chegam exactamente a lado nenhum.

Mas o meu principal problema até nem foram estas divagações excessivas. O meu principal problema e a maior desilusão que tive com este livro foi o facto do mesmo não ter fim. Pura e simplesmente não acaba. Andamos ali a marinar, pensamentos para a esquerda, divagações para a direita e não se chega a conclusão nenhuma. Não há nenhum trauma que fique resolvido, não há nenhum segredo descoberto, não há nenhuma epifania, não há mortos, não há nada!

Quando cheguei ao capítulo final e vi que apenas me faltavam 4 ou 5 folhas para acabar o livro comecei a entrar em pânico: como raios ia o autor acabar a história a tempo?! Pois não acabou.

Foi mau meus senhores, muito mau. O potencial estava todo ali e foi total e absolutamente desperdiçado.

Posto isto, só tenho a informar o Sr. Ryu Murakami que me sinto defraudada e que não será tão cedo que voltarei a pegar num livro da sua autoria.

Agora deixem-me lá voltar ao meu querido Stephen King para recuperar o fôlego destas últimas banhadas literárias.

x x x

 

Vingança Mortal 25/08/2012

Filed under: Livros — Ninixe @ 14:10
Tags: , ,

Aviso logo à partida que ainda não acabei de ler este livro, no entanto há alguns pormenores (demasiados até) que deixam um pouco a desejar e, antes que me esqueça, gostaria de os partilhar.

Começo por alertar que estas gralhas que aponto e que me têm incomodado nada têm a ver com a história em si – a história tem imenso potencial e acho que está a ser bem explorada apesar de dispensar determinadas cenas que denunciam por completo a verdadeira romântica que é Nora Roberts. Mas adiante…

Eu compreendo que escrever, traduzir e rever um livro não seja tarefa fácil: são muitas folhas, muitas palavras, muitas expressões que têm que ser alinhadas e às vezes adaptadas a outra língua. E, como errar é humano, é normal encontrarmos algumas pequenas gralhas. No entanto, este livro não apresenta apenas um ou outro erro minúsculo: são trocas entre singular e plural, feminino e masculino, palavras não separadas por um mísero espaço e… la pièce de résistance:

Capítulo 16 – página 213

1º Parágrafo: “Eve nunca tinha ido a um velório e surpreendeu-a…”

4º Parágrafo (10 linhas abaixo): “Fê-la pensar no velório a que tinha ido no mês anterior…”

Oh meus senhores: decidam-se!

Eu até deixo passar palavras mal articuladas mas inconsistências destas roçam o ridículo. É certo que este detalhe não afecta em nada a história mas ainda assim caramba – podiam mostrar consistência e algum respeito pelos leitores. Não sei se este foi um erro do próprio livro ou de tradução mas também não interessa, o que interessa é a falta de brio e profissionalismo do pessoal que edita livros assim: com gralhas atrás de gralhas e que culmina com estas frases contraditórias. O que virá a seguir? Erros ortográficos?

E pronto, após expressar a minha indignação, vou acabar de ler esta história que está bastante bem construída apesar das gafes registadas. Nora Roberts é sem dúvida uma grande escritora apesar de mostrar bem as suas origens e vocação, e aproveitar, sempre que pode, para nos brindar com momentos melosos e/ou mais escaldantes.

Por agora é tudo!

x x x

 

Sobre o Sr. Ryu… 12/04/2012

Filed under: Livros — Ninixe @ 21:10
Tags: , , , ,

Depois de ter lido o fantástico “Na Sopa de Miso”, e de ter delirado com o resumo de Audition, o Namorado foi um fofinho e encomendou não só o livro que deu origem a este filme mas também outro do mesmo autor e do mesmo género – Piercing.

E, após a atribulada mudança de casa, lá comecei eu, toda entretida a ler o Audition… Mas, não sei se é de mim, não sei se é do tempo, mas a coisa não está a fluir! Pura e simplesmente não estou a conseguir avançar na leitura, não está a chamar por mim, não me está a cativar, não se me sabe a nada!

A história até desenvolve mas está ali ao nível do normalzito… Sem aquecer nem arrefecer…

Posto isto, e porque eu não gosto de fazer fretes, decidi dar-lhe um descanso e ando super entretida a ler este menino: Os Homens que Odeiam as Mulheres.

Confesso que quando iniciei esta leitura estava algo reticente: já tinha lido o resumo dos 3 livros e o resumo dos filmes e apesar de não os ter achado brilhantes, achei que efectivamente tinham ali uns toques especiais mas nada de transcendental.

Eis se não quando – Surpresa! – dou por mim agarrada ao livro, a ler páginas atrás de páginas a uma velocidade alucinante (principalmente quando comparada com o Audition). A leitura está a fluir e apesar de me sentir ainda um pouco perdida no meio de tanta gente (mas isso até o personagem principal se sente por isso deve ser normal =P), acho que a coisa está a correr muito bem e sinto-me entusiasmada quando chegam aqueles minutinhos (que às vezes se transformam em horas) antes de dormir em que me dedico à leitura.

Assim, resumindo e baralhando, quando tiver as leituras acabadas e opiniões de jeito para publicar logo vos digo qualquer coisa!

See U Soon!

x x x

 

I’m Alive!!! 29/11/2011

Filed under: Filmes,Livros,Outros,Séries — Ninixe @ 22:49
Tags: , , ,

Incrédulos?!

Pois eu também estou…

Nunca pensei abandonar assim o meu “bebé” à sua sorte sem fazer log in dias e dias a fio, sem o alimentar com posts informativos e/ou opinativos e talvez o mais preocupante de tudo, sem me preocupar muito com o assunto =P

Hoje (finalmente) ganhei coragem e tempo (sim, digamos que estar de férias ajuda à inspiração) e cá estou eu a dar sinal de vida!

As novidades não são propriamente muitas… continuo sem ter acabado de ler o Dexter is Delicious – diga-se de passagem que apesar de giro não está propriamente fantástico e viciante como antigamente – mas ando a par e passo com a 6ª série do serial killer mais fofinho do Universo e arredores.

Também Gossip Girl (Série 5) tem estado a ser acompanhada semanalmente e confesso que estou aos saltinhos para ver a Blair e o Chuck juntos de novo – ok que a piada daquilo são estas duas personagens e que possivelmente quando eles estiverem novamente juntos a coisa irá perder a piada mas até lá o meu coração vibra de emoção só de pensar em tal “ajuntamento”!

Quanto a Pretty Little Liars fiquei-me a meio da 2ª série uma vez que só lá para Janeiro é que começam a sair novamente episódios! Quem é que no seu perfeito juízo pára uma série a meio?! Enfim… A sorte das criaturas é que pegaram numa ideia gira – só espero que não a usem até à exaustão tal como acontece nos livros… Gente: tudo o que é demais – farta! Por isso toca a fazer um refresh nalguns pormenores e inventem para o lado certo – sigam o exemplo de Dexter oui?

Que mais há para partilhar… Fui ao cinema!!! No dia da greve, para evitar o eventual trânsito caótico lisboeta, eu e o homem fomos ver o In Time: engraçado mas com lacunas que não se justificam.

Por agora acho que é tudo!

See U Soon!

x x x

 

Novidades de Outono 01/11/2011

Filed under: Livros — Ninixe @ 23:24
Tags: , ,

Aproveitando uma promoção da Fnac Online – aka a nossa nova desgraça – eis que brotaram 2 novos residentes (pelo preço de um) cá por casa: Pensa Num Número e Uma Questão de Consciência!

Para quem não conhece, a sinopse de Pensa Num Número é esta: “Pelo correio chega uma série de cartas perturbadoras que terminam com uma declaração inquietante: «Pensa num número qualquer até mil, o primeiro que te vier à cabeça… Repara agora como eu conheço bem os teus segredos.» Estranhamente, aqueles que obedecem constatam que o remetente de tais cartas previu com precisão a sua escolha. Para Dave Gurney, um inspetor de homicídios recém-reformado da Polícia de Nova Iorque e amigo de um dos alvos das missivas, o que primeiro lhe pareceu um caso estranho depressa se transforma num complicado quebra-cabeças que levará a uma investigação em grande escala na busca de um pérfido assassino em série.

Convidado como consultor pelo gabinete do procurador, em pouco tempo Gurney consegue alguns avanços na descoberta de pistas que a polícia local negligenciara. Ainda assim, diante de um adversário que parece ter o dom da clarividência e antecipar-se a todos os passos, vê os seus melhores esforços dissiparem-se como areia por entre os dedos. Terá encontrado, ao fim de vinte e cinco anos de carreira exemplar, um adversário capaz de o vencer?”

Quanto ao livro de oferta, Uma Questão de Consciência, a sinopse é a seguinte: “Ninguém gosta do departamento de assuntos internos da polícia – o «Lado Negro», como é conhecido no meio -, onde polícias investigam outros polícias. É aí que trabalha o inspector Malcolm Fox, numa secção responsável pelos casos mais graves de racismo e corrupção. Enquanto a sua carreira vai de vento em popa, com mais uma investigação bem-sucedida e mais um polícia corrupto desmascarado, a sua vida pessoal deixa muito a desejar. Atormentado entre a culpa de ter internado o pai num lar e a impotência que sente face à situação da irmã, vítima de abusos constantes por parte do homem com quem vive, é-lhe atribuída uma nova missão: aproximar-se de Jamie Breck, um detective suspeito de estar envolvido numa rede de pedofilia, sem que até agora tenha sido possível reunir provas para o acusar. Mas, à medida que Fox se envolve no caso, crescem as suspeitas de que as coisas não são tão lineares como o fizeram crer, e as dúvidas instalam-se, sobretudo quando um terrível homicídio ameaça destruir o frágil equilíbrio entre a sua vida profissional e familiar.”

Também não parece mal pois não?

Quando acabar o querido Dexter is Delicious (que pelo andar da coisa não vai ver assim tão depressa quanto isso) dedico-me a um destes!

See U Soon!

x x x

 

Amadora BD 2011 28/10/2011

Filed under: Livros,Outros — Ninixe @ 19:29
Tags: ,

Houve anos em que a coisa puxou mais por mim…

Este ano estou na dúvida se passo por lá ou nem por isso – a ver vamos!

Ainda assim, aqui fica o Cartaz do Amadora BD 2011!

x x x

 

Nota Mental 22/10/2011

Filed under: Livros,Outros,Séries — Ninixe @ 20:50
Tags:

– Ler Dexter is Delicious

– Ver Season 6 de Dexter

– Ver Pretty Little Liars (enquanto se lê o resumo dos livros..)

– Começar a ler Na Sopa de Miso

É muito mistério para a minha pequena pessoa!

Tenho para mim que não tarda já estou a trocar as histórias todas =P

x x x